MATRÍCULAS 2018/2019

 

                                     PERGUNTAS FREQUENTES

 

 

                                       CONSELHO GERAL

    Abertura de procedimento concursal prévio à eleição de diretor/a

 

 

 AvaliaExterna logo  Avaliação externa 2015
 Relatório final;
 Q Alunos CEB1;
 Q Alunos CEB23;
 Q Pais EPE;
 Q Pais EB;
 Q Trabalhadores D;
 Q Trabalhadores ND.

Plano de Melhoria 2015/2016

Início

ttulo

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), consciente da necessidade de aumentar a qualificação superior da população portuguesa e de a sensibilizar para as vantagens de um curso superior, lançou um conjunto de iniciativas do qual se destaca, desde logo, o programa "Estudar mais é preciso".

Apesar do crescente compromisso das famílias, das instituições de ensino superior, da sociedade e das políticas para com a formação superior e o conhecimento científico, os níveis da população com um curso superior estão ainda aquém do que seria desejável alcançar.

Na verdade, entre outras evidências, apenas 4 em 10 jovens com 20 anos está a frequentar o ensino superior, as taxas de insucesso e abandono têm ainda expressão ao nível das instituições de ensino superior, especialmente para o grupo com mais de 23 anos, e os níveis gerais de formação superior da nossa sociedade são ainda visivelmente modestos.

No sentido de sensibilizar os estudantes, as famílias, os professores, as escolas e as empresas para a necessidade da formação e da qualificação, o MCTES e a Direção Geral do Ensino Superior (DGES) prepararam a iniciativa "Estudar mais é preciso" que inclui o desdobrável "Estudar mais é preciso - dez razões" o qual evidencia os benefícios da formação superior.

banner

Ao mesmo tempo, está já disponível um número direto para informação sobre o acesso ao ensino superior (213 126 100), visando a disponibilização de informação simplificada sobre o ensino superior (funcionamento, cursos, instituições, acesso e apoios), garantindo as condições adequadas para que as escolhas possam ser feitas de forma informada e consciente.

A partir deste sábado, dia 17 de março, arranca nos canais de televisão a campanha " não desistas de ti", desenvolvida entre o MCTES, o Ministério da Educação e a Associação Portuguesa oara o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), com o intuito de destacar a importância da formação e do conhecimento ao longo da vida, desde as vantagens em matéria de emprego e condição socioeconómica, até aos benefícios em matéria de competências pessoais.

Esta campanha inclui também o portal que contém http://continuaaestudar.pt/ informação relevante sobre as condições de acesso  e frequência do ensino superior e o Manifesto "Não desistas de Ti", dirigido aos estudantes que se encontram a frequentar o ensino secundário, nos cursos científico-humanísticos e profissionais.

 No Desistas De Ti Comboio Conhecimento flyer


 

Informações adicionais